Iluminar os dias, continuando a sonhar que é possível viver...

Minha foto
Setubal, Portugal
Um abraço, uma palavra, um sorriso... um caminho que poderá ser muito longo. Afinal é possível.

terça-feira, 10 de junho de 2008

Ganda Carla Pedro... arrebatou o 1ºprémio... "vão buscar"!



A nossa amiga do coração é tambem a grande vencedora deste prémio de jornalismo económico 2008. Passo a mostrar o copianço que fiz do artigo que a Isa Guerreiro publicou no seu blogue.

“Presentismo – nova epidemia” vence 2ª edição do Prémio de Jornalismo Económico

O trabalho na área de Gestão da jornalista Carla Pedro, do Jornal de Negócios, foi o grande vencedor do Prémio de Jornalismo Económico 2008, ao qual concorreram cerca de 70 artigos nas áreas de Economia, Gestão e Mercados Financeiros. “O difícil caminho da sustentabilidade” de Ana Taborda e Catarina Madeira, do suplemento Dia D, do Público, e “Empresas Procura-se”, de Margarida Fiúza, da Revista Exame, receberam os prémios das áreas de Economia e Mercados Financeiros, respectivamente.
O Prémio de Jornalismo Económico, que resulta de uma parceria entre o Banco Santander Totta e a Universidade Nova de Lisboa, recebeu nesta 2ª edição mais de 70 trabalhos concorrentes, um acréscimo de cerca de 50% relativamente ao ano anterior. Estes trabalhos foram publicados em diferentes órgãos de comunicação social de imprensa escrita entre os dias 1 de Dezembro de 2006 e 31 de Dezembro de 2007, nas áreas de Economia, Gestão e Mercados Financeiros.
Os artigos foram avaliados por um Júri constituído por distintos professores e jornalistas, nomeadamente: Professor Doutor Ferreira Machado (presidente do Júri), Dr. Francisco Sarsfield Cabral, Professor Doutor José Albuquerque Tavares, Professor Doutor José Neves Adelino, Professor Doutor José Rodrigues dos Santos, Professor Doutor Luís Almeida Costa e Dr. Sérgio Figueiredo.
O artigo “Presentismo, a nova epidemia” da autoria da jornalista Carla Pedro sobre os problemas de produtividade, derivados dos fenómenos denominados absentismo e presentismo - no caso deste último versando sobre os custos directos e indirectos para as empresas associados ao facto de os colaboradores doentes não se restabelecerem em casa - publicado no Jornal de Negócios, foi considerado o melhor artigo, sendo o vencedor simultâneo da área de Gestão. A jornalista vai receber assim o Grande Prémio no valor pecuniário de 15.000 euros.
Nas restantes áreas foram premiados os artigos “O difícil caminho da sustentabilidade”, de Ana Taborda e Catarina Madeira, publicado no suplemento Dia D, do Público, referente à área de Economia, e “Empresas Procura-se”, de Margarida Fiúza, da Revista EXAME, na área de Mercados Financeiros. Cada um destes trabalhos será premiado com um valor pecuniário de 7.500 euros.
Os vencedores foram conhecidos ontem à noite, na sede do Banco Santander Totta, na Rua do Ouro, num jantar de consagração para os autores dos trabalhos premiados e que, para além dos jornalistas vencedores, contou com a presença do Presidente da Comissão Executiva do Banco Santander Totta, Nuno Amado, do Reitor da Universidade Nova de Lisboa, António Bensabat Rendas e dos membros do Júri do Prémio.
O Prémio de Jornalismo Económico pretende distinguir os melhores trabalhos jornalísticos que são publicados anualmente na comunicação social, nas áreas mencionadas, e contribuir deste modo para uma melhor qualidade no tratamento da informação e, consecutivamente, para uma cidadania mais responsável, informada e participada.
Todas as informações relativas ao Prémio de Jornalismo Económico podem ser consultadas no endereço http://www.pje.universia.pt/.

5 comentários:

Carla disse...

Obrigada, Isa querida. Isto é só miminhos :) Tenho imensas saudades tuas. Espero que num próximo encontro possas estar presente com o teu sorriso tão bonito. Um beijo muito grande.

Nela disse...

Ganda Carlinha!
YES!

Cristina J. disse...

Bem mais uma vez parabéns Carlinha...
Do "valor pecuniário" é que eu ainda não sabia, mas olha querida, mesmo sem isso já valeu teres sido escolhida para "O Melhor Prémio".

Isso sim, é importante e faz bem ao Ego.

Isa, e tu malandra, não dizes nada de nada...
Não acredito que ainda não tenhas vindo para estes lados?!
Talvez agora, nas promoções, hein?

Bjinhos

Alda disse...

Carla parabéns minha linda!
Beijinhos! Beijinhos!
Esta é uma boa notícia.A nossa Carlinda vale ouro...
Isa, tenho saudades da tua escrita. Vá deixa de preguiça.
Beijinhos

Isa disse...

olá isa, bom fim de semana