Iluminar os dias, continuando a sonhar que é possível viver...

Minha foto
Setubal, Portugal
Um abraço, uma palavra, um sorriso... um caminho que poderá ser muito longo. Afinal é possível.

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Lisboa ao Rubro...

Qual almoço da presidência, mesmo ali ao lado...
qual rio azul que corre solto vale abaixo...
Quem seriam aquelas mulheres de rosa branca na mão e sorrisos alegres e soltos no rosto?

tantos os flashes das maquinas fotograficas, o silêncio das de filmar, sempre em seu redor?
Que teriam elas feito para merecer tantas honras?

Só podem ser aquelas... as tais...as que escrevem umas coisas na internet sobre os seus afazeres diarios no combate "aos bichos", há quem lhes chame Guerreiras, há quem lhes chame Vencedoras, mas são com certeza "as Amigas do Coração" ou do Peito,não interessa nada !
Diplomadas pelo reconhecimento da sua bondade e dedicação às amigas do peito

Imaginem...um grupo de pessoas à Vossa espera...sim porque eu tinha um grupo de pessoas à espera que eu chegasse. Sou uma ingrata!...mas então estava um calor do caraças, tive de estacionar a viatura, e não me apetecia deixa-lo naqueles parques que nos cobram até as pedras da calçada que pisamos e depois...valeu a pena!...dei a volta a pé ao quarteirão, uma voltinha de reconhecimento do local...ao telefone com a Isa Guerreiro " dizia-lhe: - estou atrasada, venham andando para o local do almoço"...encontramo-nos a meio caminho, ou quase. Eu e a minha amiga Mena, que eu já levava comigo de casa, a tirarmos fotos, nem nos apercebemos do grupo que ja fazia barulho para nos despertar a atenção . Pronto!...eis... tanto flash... finalmente no grande dia, a grande hora, o momento da apresentação, estava desejosa de conhecer pessoalmente todos... ja fomos durante muito tempo amigos virtuais.
Primeira calinada:....a Celeste perto de mim...muito sorridente a perguntar-me " quem sou eu?"... respondi-lhe num sopro "Alda!"... e todos " não...a Alda está ali, é a Celeste.Quem sou eu?...era o jogo que se instalara...mas não errei mais nenhuma. Foi a emoção da chegada, eu ja conhecia o rosto da Celeste...mas elas são as duas loirinhas...dai a confusão! Pois mas nos minutos seguintes ja tinha cumprimentado todos e ficado com aquela sensação " ainda bem que Deus me proporcionou este encontro, tenho a certeza que tudo vai correr bem...eu já conheço esta gente à muito tempo..."



À chegada, a Aida deu-me uma rosa branca e eu dei-lhe a flor laranja que levava, ela tinha um braçado de rosas brancas, distribuia-as por todos, meio murchitas é verdade, estava muito calor, mas para nós estavam lindas e viçosas, " coisas à Aida", dizia a Laura.
As ofertas continuaram assim que chegamos ao restaurante, a Tila ofereceu a cada um de nós um sabonete , a Alda já não foi a tempo de comprar uma lembrança, mas ficou a promessa que para o proximo vai haver "um das caldas para cada uma".
A refeição estava boa, se bem que nós iamos ali para estarmos e falarmos, quanto a comida, comemos todos os dias, por isso eu nem queria saber se ia comer picanha ou favas guisadas que nem gosto muito. Acho que comia qualquer coisa que combinasse com sangria, senão combinasse comia na mesma. A conversa esteve sempre boa....primeiro enquanto comiamos conversei com uma senhora acompanhante, mãe da Carla Dias e avó da Sofia, uma menina lindissima, e com a minha amiga Mena. Esta senhora contou-me uma historia interessante. A sensibilidade dela para a nossa causa passa tambem pelo passado que teve, relativamente a nodulos benignos no peito aos 18 anos.
Depois do almoço, a Manuela começou por ler as mensagens no seu telemovel, enviadas para todos nós, pelas amigas da nossa querida Claudia, de quem todos falavam, comentavam a sua beleza, a alegria de viver, o como juntou as amigas que não se conheciam. Saudades...
Momentos mais à frente, chegou às mãos da Tila o texto escrito, para nós...pela nossa Anixinha, que está em terras algarvias, quem eu espero visitar muito em breve, tenho a missão de lhe entregar em mãos o "nosso" diploma. Foram momentos belos, aplaudimos, brindamos, desejamos que tudo melhor e no proximo, decerto, ela estará, não só espiritualmente, como hoje. Também o Platero, que se encontra retido no Spa, por enquanto, mas que rapidamente estará cá fora, para fazer o que ele mais gosta. São os nossos desejos para com os nossos amigos e acreditem que daqui saiu muita energia que contribuirá para a vossas melhoras.
(fim da 1ªparte) cont.

8 comentários:

Loulou disse...

Isa,
Temos aqui um belo relato do que se passou naquele sábado escaldante em Lisboa! Enquanto ia lendo, parece que estava a rever tudo outra vez.
Realmente, nenhuma de nós se vai esquecer... e ainda bem! as coisas boas da vida são para ser recordadas.

Uma grande beijoca, linda

Manuela disse...

Oh Iluminada,

Eu própria não diria melhor (digo eu, dentro da minha modéstia!).

Boa prosa. Foi a melhor descrição que li sobre o que se passou. No entanto, ficou muito aquém do que, efectivamente, se viveu. Porque aquilo foi BOM COMÓ CARAÇAS!!!!!

Foi, não foi? Completamente especial, especialmente emocionante, e emocionalmente difícil de aguentar...

Uffff....

Vocês são o máximo. Já viste, como é que é possível não conhecermos uma pessoa e estarmos aos gritos e pulos a gritar por ela num espaço público cheio de gente? Imagina só que tu não eras tu???! Havia de ser lindo...

Só nós...

aida guimarães disse...

Isa,

Tu és linda.
Só tu para me deixares assim, emocionada.
1º o diploma, agora descreves desta maneira linda o nosso encontro. É certo que para quem lá esteve a emoção é inevitável. Quem não foi, pode perceber que foi lindo, mas o melhor está connosco, dentro da nossa memória e nos nossos corações.

Começamos com probabilidades de ir até Lisboa, ía uma e outra, depois foram-se juntando e deu esta mistura maravilhosa que jamais vou esquecer.

Continua então amiga a fazer a tua descrição, nós estamos aqui para relembrar contigo.

Beijos grandes

celeste disse...

Olha miga linda a Loulou a Manuela e a Aida já escreveram o k sinto faço meus os comentários delas só queria acrescentar que achei a amiga que levas-te um amor,apesar de falar pouco senti que deve ser uma excelente pessoa.beijocas.

Manuela disse...

Já arrumaste a casa??????
Então, escreve o resto, vá...
Jufas

isa- retratoiluminado disse...

Ja está quase Manuela! esta tudo escrito na minha cabeça. Pôr no blogue é que preciso dum tempinho.

A casa?...está do pior!... mas então tenho de trabalhar no escritorio, né? como é que eu gasto tostões? não é só no casino, não!

Beijinhos...

carla disse...

Oi, o teu relato está do melhor ..continua.
Beijocas

isa- retratoiluminado disse...

não é gasto tostões, eu queria dizer "ganho tostões".Poças que isto está mesmo a pedir férias... mas as férias que é bom...só para a semana.

Obrigada Carla...

Beijinhos...