Iluminar os dias, continuando a sonhar que é possível viver...

Minha foto
Setubal, Portugal
Um abraço, uma palavra, um sorriso... um caminho que poderá ser muito longo. Afinal é possível.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Prenda de Natal, no Forum Almada...


Como dizia a minha querida mãe: recebem-se e dão-se presentes até aos Reis. E não é que eu recebi uma ontem, inesperadamente?!...

Estava eu na Lanidor em Almada, a fazer tempo para voltar ao hospital Garcia da Orta, para injecção trimestral.Numa daquelas filas criadas, só nestas alturas, em que as montras exibem um desejado palavrão: PROMOÇÔES. Depois de ter chegado à conclusão, que afinal ja conseguia, vestir umas roupitas, nos provedores da loja, que por sinal são aquecidos quase a vapor, tal é o calor que nos fazem sentir. Depois de vestir e despir duas peças de roupa. Porque não aguentei expor a minha falta de ar, a mais três peças que tinha levado. E lá estava eu, airosa e semi despida na fila para pagar duas peças que por bom sinal, me favoreciam, e quando isto acontece é de aproveitar. Quando começo a sentir, alguem a olhar para mim, mesmo ao meu lado.Aquele olhar parado, mas que fala...Inicialmente, achei que podia estar mais despida do que pensava estar. Depois comecei a olhar para a minha blusita preta, que mesmo na misera hipotese de estar carregada de nódoas, não daria assim nas vistas. Por isso, conclui: algo se passa de estranho! Aquela cara tambem não me era desconhecida. E pensei mais 30 segundos e conclui nos cinco segundos seguintes, que aqueles olhos não me eram estranhos. Alguem que eu ainda não conhecera fisicamente, mas que estava no meu coração já à algum tempo... estava agora ali, hirta e firme que nem uma barra de ferro!
Aproximei-me num repente e perguntei-lhe qualquer coisa que não me recordo bem o quê, tipo: Posso saber o seu nome?... ou... por acaso conheço-a?.... e ela, sem nunca retirar o olhar, afirmou: Isa. Tu és a Isa.

A partir dai... o receio de perder o saco das compras era acrescido, tal era o meu entusiasmo, a abraça-la, a falarmos de tudo o que nos uniu, como se sempre nos tivessemos conhecido. Talvez aquela sensação de ser a vizinha do lado, desde à anos a esta parte. Aquela vizinha a quem contamos porque choramos, porque rimos... e que acompanhamos o crescimento.

Bebemos café, como haveramos programado á algum tempo atrás, em que escreviamos nos blogues:" qualquer dia encontramo-nos no forum!...andamos por lá as duas, tantas vezes!"
Fomos ás compras , acabamos por comprar uma peça de roupa igual, mas com cor diferente. Conheci a foto da Claudia, quando toda ela era vida, saude e beleza. Houveram lágrimas, mas tambem nos rimos, e combinamos voltar às compras um dia desses.

Esta prenda, foi : conhecer esta nossa amiga do coração, superglamorosa, a Cristina J.

Pai natal, obrigada... acontece-nos episódios de dor, perdas e luto, que nos embrulham num sufoco retido, num pressentimento, na saudade. Sinto-me muito reconfortada, por conhecer pessoas tão especiais por aqui. A Cristina é assim como um ramo de flores douradas, linda, cheia de vida e de amor para dar. Fiquei tão feliz de a conhecer que quando me mostrou a foto da Claudia, saiu-me uma asneirada : "Já viste Cristina, perdeste a Claudia, mas ganhaste tantas amigas por causa dela" . - Quando me despedi de ti Cristina, pensava na boa oportunidade que eu tinha perdido para estar calada. No fundo o que eu queria dizer é que tens um coração enorme.

Beijinhos amiga...

9 comentários:

Alda disse...

Isa,
Que linda prenda e com tanto calor humano! A Cristina, é linda por fora e por dentro.
Por ela ter sofrido pela Claudia,nos compreende!
Nos uniu uma pessoa muito especial, que tornou a nossa amizade também especial.
Beijinhos para as duas.

Um Feliz Ano Novo para vós, e para todas/os amigos.

Beijinhos

cristina j, disse...

Isa,

Então o que vem a ser isto?!
Com a foto da montra e tudo...

Olha, eu não sou nada junto de ti: tu é que és linda, alegre e deixaste-me tão á vontade...fiz-te tantas perguntas que até me sinto envergonhada...

Meninas, a Isa é mesmo bonita, e imaginem, aqui só para nós, não parei de lhe olhar para as extensões do cabelo: espectáculo!

Mas uma coisa é certa, conversámos como velhas amigas, foi único, para 1º encontro.

E não te incomodes, eu percebi o que me disseste ao olhar para a foto.

Esta prendinha, junto com a da Loulou, foram o bastante para o meu Natal ser mais rico!

Adoro-as a todas

imel disse...

Isa, adorei este post.

Um Feliz Ano Novo para as duas, com muita saude, paz e alegria.

Beijo grande

laura disse...

...
Eu tenho de conhecer mais cachopas, pronto!

Essa menina Cristina, é uma sortuda, tudo lhe vem parar às mãos, tenho de ir às compras para o Sul...

Deixa o tempo aquecer e teremos de nos encontrar outra vez.
Entretanto, desejo a estas lindas meninas, de quem eu tanto gosto, que o 2008 seja de Paz e Saúde.
Eu estarei sempre por aqui, laura

isa guerreiro disse...

olá isa, que belo encontro e que belo presente de natal.tive o prazer de conhecer a cristina em outubro em lagos e tive logo muita empatia com ela, mas claro, ja falavamos na net, e já tava no coração.beijos e bom ano

Nela disse...

EU NÃO ACREDITO!
OH, ISA..
Tu fizeste extensões e não postaste um foto?????! Desgraçada!
Estou de rastos...

Bom, isso lá do encontro com a Gosma não interessa nada... Agora saber que fizeste extensões... Como é que ficaram? Conta, conta...

Paulo Azevedo disse...

Que relato tão sentido e entusiamante, Isa!
Passei só para te desejar um excelente 2008, com tudo de bom!
Beijinhos!

Carla disse...

Fiquei de lágrimas felizes nos olhos... A amizade é uma coisa tão boa! Imaginei-vos às duas e fiquei tão contente por se terem encontrado assim sem mais nem menos :) Agora estou como a Nela: e fotos das extensões? Não há? Ah, pois, queremos ver! Beijo muito grande e um 2008 cheio de saúde, Isa querida.

Loulou disse...

Isa linda, adorei este post. Esta mulher tem mesmo que escrever um livro, carago!
Isto é só encontros. Preparem-se, que também terei um brevemente...

Beijocas grandes e um óptimo 2008, amiga, com muita saúde e amor!