Iluminar os dias, continuando a sonhar que é possível viver...

Minha foto
Setubal, Portugal
Um abraço, uma palavra, um sorriso... um caminho que poderá ser muito longo. Afinal é possível.

sábado, 10 de março de 2007

O que virá...o que será e como?

Junho, antes da cirurgia.

Debatia-me entre as várias dúvidas e medos, até ao resultado dos exames.Chegava a ir aos foruns passear, para me distrair um pouco, e correr as livrarias, lia tudo quanto eram títulos e resumos de livros de saúde, até ganhar uma fobia interessante: medo de andar sozinha no meio de desconhecidos... de tal modo, que chegava a fugir dos supermercados, dos foruns, não conseguia ir a um cinema...sentia-me sozinha e com pouca confiança em mim. Até achava desnecessário comprar peças de roupa, punha em causa o tempo que me restava para as usar...e precisava de comprar uns pijamas para levar para o hospital.Mas isto tá do pior!

Dia 7 Junho

Ressonância magnética aos seios. Ah pois é!... já lá estava com a batinha vestida, com a agulha no bracinho, quando comentei com a enfermeira que estava com o periodo menstrual, "decerto não haveria problema!, ninguém me perguntou isso". Ela saiu, e quando regressou, disse-me que afinal não iria fazer naquele dia, porque o indicado seria fazer-se a ressonância quinze dias depois do periodo menstrual, para que os resultados fossem mais acertados. Fixe!...
Ora isso será pra ai a vinte e dois ...dia da cirurgia. E agora?...só espero que isto não altere a marcação da esperada intervenção.

Mas o bom deste dia foi a minha cintigrafia óssea, deram-me o resultado para que mostrasse à Dra Antónia, mas eu nem esperei para abri-la e qual foi? pois é..."exame sem evidência de envolvimento secundário", e se eu tinha dores nos ossos! Mas lá também menciona que havia aumento de captação do radiofármaco nas articulações acrómio-claviculares, sugerindo patologia degenerativa osteo-articular. Coisas da idade!
Fui logo de seguida mostra-lo a Dra Agueda que estava nas urgências de obstetrícia, ela ficou contente por mim...com um sorriso quase tão grande como o meu. E eu quando me despedi dela, ainda lhe disse " como é possível eu estar tão contente?... quase me esqueci que ainda tenho a neoplasia. Talvez o mal não seja tão grande."
Também os outros exames deram negativo. Graças a Deus! vamos lá a mais uns dias, com muita força ... todos os dias valem! como se fossem o último ou o primeiro de muitos. Quero tentar estar bem comigo...acreditar que vou ficar boa...bendita ciência.

11 comentários:

Ana disse...

oi Isa ,
obrigada por me teres visitado no meu cantinho,
Sabes ao ler todos os teus posts comecei a sentir me retratada em quase tudo naquilo que li que tu escreveste , é muito dificil acreditar ´que não nos acontece a nós ou então o porque de nos acontecer se ate nos sentimos bem sem nenhum sintoma de doença alguma,
nao é
A verdade é que depois arranjamos forças , para lutar contra este mal , que não nos atinge só a nós mas tambem a quem nos rodea,
E agora como estás , já acabaste os tratamentos ? espero que esteja a andar tudo sobre rodas ,
Um beijinho grande e tudo de bom para ti

Viver e vencer disse...

Ola Ana, que bom teres vindo. Gostaria que me autorizasses a meter o teu endereço aqui neste blog, a união deixa-nos mais fortes, não é?... eu estou a viver aqueles dias do pós-tratamentos, acabei a radioterapia a 9 de março, e estou à espera da proxima consulta para marcar os exames. Mas sinto-me bem, porque tenho muita fé que tudo fique bem.Conta-me de ti, sei que és uma pessoa linda e com muita coragem. Beijinho.

Carla disse...

Isa, estive a ler tudo o que escreveste e sinto-me muito feliz por chegar numa fase em que estás bem e serena. Mais uma vencedora! Revi-me em muitos dos estados de espírito que referes, porque no nosso íntimo há um medo tão grande... acho que haverá sempre, mas aprendemos a lidar com isso. Acho que a consciência da nossa mortalidade nos faz ver a vida ainda com mais alegria :) Espero que continues a partilhar connosco o que se vai passando e como te sentes. Beijo enorme para ti e para o teu lindo filho :)

Carla disse...

Já vi também esta tua resposta à nossa Anixinha e vejo que terminaste a radio na semana passada. É um alívio, não é? :)) Há-de estar tudo bem com os exames. Dá notícias mal saibas :) Beijo grande.

Ana disse...

OI Isa , pois eu ia pedir te o mesmo , a união faz a força não é
Que bom já teres terminado mais uma etapa , agora é só a ansiedade de fazer os exames para ver que tudo está bem , e estará concerteza, tu tens muita força e acreditas em ti e isso é bom.

Pois eu já é a 3º vez que faço quimo já sou veterana lool
estive um ano só com hormonoterapia mas agora tive que voltar a quimo pois os valores subiram muito pra semana vou fazer o 4º ciclo depois só faltam mais 4 é num instante que passa.
Eu tambem tenho filhos mas uma já fez 15 e tenho um rapaz de 9 já são grandinhos .
é preciso ter muita força para aguentar tudo familia tratamentos, mas nos mulheres somos seres muito fortes e venceremos todas as batalhas,

Eu vou fazer um post no meu blog a contar a minha história desde do 1º dia que soube que tinha cancro , para que todos me conheçam melhor , o que achas ?

Um enorme beijo para ti e muitaaaa força

Anixinh@

Viver e Vencer disse...

OLa Carla, olá Ana. As nossas histórias fundem-se numa só, quase a uma só voz...a da esperança. Sempre com força para que o amanhã seja com saude. E se não puder ser, que seja com muita paz e lucidez, porque a felicidade, conquista-se todos os dias. Antes de fazer esta página, eu dizia: já que não posso fazer voluntariado nos hospitais, vou fazê-lo na internet. Mas no reverso da medalha, descobri que existe uma enorme quantidade de gente bonita a escrever sobre a mesma luta, aqui. E agora, passou um mês, e posso dizer-vos que estou sobretudo a ajudar-me a mim. Porque vos encontro aqui, cruzamos lágrimas e sorrisos, estamos todas na luta dos dias. Obrigada, vou meter os vossos endereços no blog e outros , não levem a mal, tem de ser! :). Muitos beijinhos.Isa

Viver e Vencer disse...

Claro que podes Ana. E sobre o post a contar desde o primeiro dia, acho que devias, se te fizer sentir bem. A mim fez, de tal maneira que os relatos que eu fazia até à uns dias atrás, agora parecem-me uma história que se passou com outra pessoa. Jinho.Isa

alda disse...

Olá Isa,
Também sou uma sobrevivente, num exame de rotina a 11 de julho 2006
(mamografia e eco)A triste notícia: É grave tem que fazer biopsia urgente! BLOQUEI.
Depois os exames foram todos urgentes, e fui operada a 31 Agosto.
Mastectomia radical mama esq. com esvaziamento axilar.
Correu tudo bem!Fiz 4 tratamentos de quimio, que terminou a 30 Novembro. O meu cabelo já está a crescer, já ando sem peruca com um corte radical, mas sinto-me bem!

Passo a tratar-te por tu! posso?
E tu como estás neste momento?

Alda

alda disse...

Olá Isa,
Também sou uma sobrevivente, num exame de rotina a 11 de julho 2006
(mamografia e eco)A triste notícia: É grave tem que fazer biopsia urgente! BLOQUEI.
Depois os exames foram todos urgentes, e fui operada a 31 Agosto.
Mastectomia radical mama esq. com esvaziamento axilar.
Correu tudo bem!Fiz 4 tratamentos de quimio, que terminou a 30 Novembro. O meu cabelo já está a crescer, já ando sem peruca com um corte radical, mas sinto-me bem!

Passo a tratar-te por tu! posso?
E tu como estás neste momento?

Alda

Isa disse...

Ola Alda, ainda bem que tudo correu bem, e vai continuar de certeza...gosto tanto de sobreviventes, já ganhei o dia hoje!...é tão bom saber que nos pudemos ver livres desta doença.Ainda não fiz os exames finais, é que eu tinha um ganglio envolvido, mas vai tudo correr bem. Somos fortes, somos rijas na queda...tudo isto vai ser passado.
E para quem não pode ver-se livre, que a vida lhe seja o mais comprida possível, sempre sem dores.E vamos ser muito unidas, assim somos mais fortes. Jinhos.Isa.

Isa disse...

Manuela
gostei muito do que li.É interessante também para mim saber, que afinal é igual para todas, aqueles primeiros tempos, cheios de dúvidas e dor. Até nos acalmar-mos. Decerto havemos de conversar. Beijinhos.Isa.