Iluminar os dias, continuando a sonhar que é possível viver...

Minha foto
Setubal, Portugal
Um abraço, uma palavra, um sorriso... um caminho que poderá ser muito longo. Afinal é possível.

terça-feira, 26 de junho de 2007

Linfedema do braço.

Amanhã vou fazer "Drenagem linfática" ao meu braço direito. Não que esteja muito diferente do esquerdo, mas como estão os dois muito gordinhos, vão os dois à terapeuta. Vamos ver o que resulta...


O que é exactamente o linfedema do braço?

Esta palavra indica um inchaço gradual do braço, no lado da mama afectada, devido a uma drenagem linfática reduzido. A alteração desta drenagem é geralmente causada pela disrupción dos vasos linfáticos e nódulos linfáticos, secundários à remoção dos nódulos linfáticos axilares consequentemente com a cirurgia mamária.

Quantas mulheres com cancro da mama sofrem também de linfedema do braço?

Ainda que todavia um efeito colateral sub tratado e sub diagnosticado do tratamento do cancro da mama, há uma de incidência reportada em cerca de 30-40% das sobreviventes de cancro da mama que podem desenvolver um linfedema até 20 anos após a cirurgia mamária.

Como podem estes sintomas afectar a feminidade?

O linfedema pode causar um inchaço maciço do braço afectado. Em paralelo, diminui a competência funcional do braço, diminuindo assim a autonomia e independência, mais ainda se o braço afectado é o dominante, sendo o direito para a maioria das mulheres. A imagem corporal desfigurada e a autopercepção podem ferir o sentido interno da feminidade, levando a uma depressão e a estratégias de afrontamento evitáveis .

Que pode fazer uma mulher para prevenir um linfedema?

Atenção especial na vida quotidiana pode reduzir o risco de aumentar o aumento da acumulação de líquido no espaço intersticial. As series de "não" inclue:
Não se corte a si mesma (ex. as cutículas em roda das unhas durante a manicura)
Não se queime a si mesma (tenha cuidado quando trabalha na cozinha, use luvas protectoras quando retirar panelas quentes do fogão, não apanhar sol...)
Não se pique a si mesma
Não se corte
Não faça esforços repentinos
Não carregue sacos com o braço/mão afectado
Não tome uma injecção intravenosa no lado afectado pelo linfedema
Não meça a pressão arterial no mesmo lado

Como se pode curar o linfedema?

Há três tratamentos disponíveis:
Drenagem linfática, através de massagem manual ligaduras compressivas
Medicamentos para melhorar a drenagem linfática: o complexo diomina-
Hisperidona provou que reduz significativamente sinais e sintomas do linfedema no braço afectado.

Paci E.Cariddi A. Barchielli A. Bianchi S.Cardona G.Distante V.Long term sequelae of breast cancer surgeryTumori, 82; 321-324,1996Runowicz CD, Lymphedema:patients and provider education-Current status and future trendsCancer 83/12: 2874-2876, 1998
http://www.womanlab.com/portugues/menopause/info/aboutmen9.htm

4 comentários:

aida guimarães disse...

Olá Isa

Gostei muito das fotos. A informação sobre o lifedema também é muito útil, normalmente os médicos previnem as mulheres nesse sentido, mas a tua informação está bem explicita não há que ter dúvidas.
Não tens aparecido no messenger, a Laura tem estado por lá até á hora da novela que ela gosta e tem perguntado por ti, aliás todas, porque acho que tivemos as do costume só faltavas tu, e tem piada as duas Isas juntas.
A Anixinha é que chega cansada e quando estou com ela no messenger é mais durante a tarde.

Beijinhos grandes, fica bem

aida guimarães disse...

Amiguinha
Voltei para te dizer que o teu filho é lindo como era de esperar com uma mãe girássa só podia.


Beijinhos grandes para o Miguel

celeste disse...

Ola Isa linda obrigada pelas informações.Gostei de ver as fotos vocês são lindos.beijo brande

retratoiluminado disse...

Obrigada Aida...sou uma mãe babada. Aliás...somos umas mães babadas, né?
Celeste, como correram os exames?...pela disposição, já sei que só pode estar tudo bem...informa-me amiga.E obrigada também pelo elogio.Beijinhos.Isa.